A Cena Carioca de Música Progressiva tem muitas novidades! Fiquem ligados na nossa página que aos poucos iremos divulgar a grade de eventos para 2017. E para começar o ano com o pé direito, ocuparemos pela primeira vez o Teatro Municipal Ziembinski, com shows do Aura – estreante na CCMP – e do Arcpelago, que lançou no ano passado o seu aclamado disco de estreia “Simbiose”.

:: Desta vez os ingressos serão vendidos APENAS NA BILHETERIA DO TEATRO e poderá ser pago em DINHEIRO OU CARTÃO ::

:: Os SHOWS COMEÇARÃO PONTUALMENTE, portanto cheguem cedo para não perderem as apresentações! ::

:::::::::: :::::::::: :::::::::: ::::::::::

:: LINE UP ::
19h Arcpelago
20h30 Aura

:: SERVIÇO ::
Evento: CCMP #04 :: Aura :: Arcpelago
Data: 7 de abril de 2017
Horário: 19h
Local: Teatro Municipal Ziembinski
Endereço: Av. Heitor Beltrão, s/n Tijuca (Metrô São Francisco Xavier)
Estacionamento: Não possui, mas há ruas residenciais no entorno
Valor: R$40 inteira / R$20 meia
Capacidade: 108 pessoas
Classificação etária: Livre

:::::::::: :::::::::: :::::::::: ::::::::::

:: CENA CARIOCA DE MÚSICA PROGRESSIVA – CCMP ::
https://www.facebook.com/cenacariocademusicaprogressiva/
A CCMP – Cena Carioca de Música Progressiva – é um coletivo de bandas autorais de rock progressivo do Rio de Janeiro que foi criado com o objetivo de formar novas plateias e de ampliar os horizontes da música progressiva. Criada em fevereiro de 2016 pelas bandas Chronus, Anxtron, Caravela Escarlate e Arcpelago, a CCMP não é um grupo fechado, portanto está aberta a receber bandas de rock progressivo em suas mais variadas vertentes e que compartilhem da idéia de realizar eventos de auto produção. Atualmente a CCMP é composta pelas bandas Anxtron, Arcpelago, Aura, Caravela Escarlate, Chronus, Eduardo Aguillar, Gustavo Jobim, Kosmus, Luiz Zamith, Panaceah, Patrick Wichrowski, Syntagma e Únitri. A Cena Carioca de Música Progressiva já realizou as seguintes edições:

23/04/2016 @Espaço Marun/RJ – CCMP#01 :: Panaceah :: Chronus :: Anxtron :: Arcpelago (evento de estreia da CCMP, contando com shows de Panaceah, Chronus, Anxtron e Arcpelago + lojinha itinerante)

19/06/2016 @O2 Arena London/UK – CCMP#London :: CCMP Store (lojinha itinerante da CCMP no evento Stone Free Festival, no dia dos shows de Haken, Steve Hackett, Marillion e Rick Wakeman)

09/07/2016 @Espaço Marun/RJ – CCMP#02 :: Chronus :: Syntagma :: Caravela Escarlate (segundo evento de shows + lojinha itinerante, desta vez com Chronus, Syntagma e Caravela Escarlate)

25/08/2016 @Lona Cultural de Campo Grande/RJ – CCMP#Panaceah :: CCMP Store (lojinha itinerante da CCMP durante o show do Panaceah)

08/12/2016 @Espaço Marun/RJ – CCMP#03 :: Wichrowski :: Caravela :: Jobim :: Kosmus (terceiro evento de shows + lojinha itinerante, com Patrick Wichrowski, Caravela Ecarlate, Gustavo Jobim e Kosmus)

:::::::::: :::::::::: :::::::::: ::::::::::

:: AURA ::
https://www.facebook.com/auratrydan
Quinteto psicodélico formado no Rio de Janeiro, o Aura é a mistura que confunde tudo aquilo que os próprios integrantes escutam. Ou seja, tudo o que é de caráter lisérgico. Influenciado pelo krautrock, pelo rock progressivo alemão e pelos sons lisérgicos do resto do mundo, o Aura tem referências a Amon Düul (I e II), Ash Ra Tempel, Módulo 1000 e Atomic Rooster. Além disso, o grupo mistura sons atuais – como Earth e Causa Sui – com as raízes dos tambores regionais. Contemplação do improviso, de fluxos e da exploração dos ritmos tribais de várias origens, a banda é formada por Paulo Emmery (guitarra), Enzo Mastrangelo (guitarra), Bauer França (baixo) e Vicente Barroso (bateria e percussão). O Aura contará com a participação especial de Mocasin Bufalo nos teclados. O Aura está estreando na CCMP e esta será a sua primeira participação.

:::::::::: :::::::::: :::::::::: ::::::::::

:: ARCPELAGO ::
https://www.facebook.com/arcpelago
O Arcpelago é uma banda rock progressivo formada no Rio de Janeiro por Ronaldo Rodrigues (teclados e voz), Diogo Aratanha (guitarras), Jorge Carvalho (baixo) e Renato Navega (bateria). O grupo busca unir o rock sinfônico dos anos 70 com a psicodelia, utilizando-se de arranjos que favoreçam a presença de todos os instrumentos e usando como base a sonoridade analógica. O Arcpelago estreou em 2015 e em junho de 2016 lançou o seu primeiro trabalho, intitulado “Simbiose” – entre as muitas resenhas que recebeu, o disco figurou na lista geral dos melhores da música brasileira em 2016, segundo o site do crítico musical Ed Félix,www.melhoresdamusicabrasileira.com.br, com o apoio do site/blog Embrulhador. Umas das bandas fundadoras da CCMP, o Arcpelago tocou as edições CCMP #01 e CCMP #03.

:::::::::: :::::::::: :::::::::: ::::::::::

0 10